“Twins Peaks” é relançada e causa comoção

Image result for twin peaks 2017

A série “Twin Peaks” que teve o seu lançamento há 26 anos ainda está gerando interesse. O novo episódio de estreia da série já foi suficiente para conseguir elogios dos críticos e também perplexidade. De acordo com críticas: “Depois de quase três décadas, a imaginação visual de (David) Lynch (diretor da trama) continua inimitável”.

A história inicial da série acontece na parte noroeste dos Estados Unidos, e toda a trama se passa em torno do mistério do assassinato de Laura Palmer. O modo como a TV era feita começou a mudar depois desse audacioso projeto de David Lynch e do roteirista Mark Frost.

Twin Peaks é o nome do rio em que a jovem falecida apareceu em um plástico em suas margens. A primeira impressão que a série passou foi o mistério que envolvia a morte de Laura Palmer, no entanto, alguns elementos usados na história dessa série passaram a fazer parte do drama de uma maneira surpreendente, entre os artifícios no roteiro estavam elementos oníricos, psicológicos, sexuais e paranormais.

Com uma história que estava fora de comum, o público se manteve interessado nessa série durante todo o enredo que mantinha a pergunta: “Quem matou Laura Palmer” e “Que tipos de coisas estão acontecendo nessa cidade?”.

A história se tornou tão atrativa que passou a fazer parte de notícias de jornais, conversas entre amigos no trabalho e até tema para estudo. Nos Estados Unidos eventos eram criados por pessoas ávidas pela história, durante a exibição do episódio nos eventos o público gritava: “Queremos saber, queremos saber”.

O tempo de duração de cada episódio em geral girou em torno de 1 hora, mas uma curiosidade tão grande era despertada que se iniciavam discussões a respeito do mistério que envolvia o enredo. Em qualquer parte onde essa série era exibida havia um debate sobre o suspense dos acontecimentos. As limitações da internet não foram suficientes para impedir que a fama dessa série gerasse vários fãs ao redor do mundo, em uma época que não existiam redes sociais e plataforma de transmissão de conteúdo como Netflix ou Youtube, por exemplo.

O cineasta David Lynch faz parte de uma lista pequena de profissionais do ramo cinematográfico que se dedicaram à TV. De acordo com Damon Lindelof, que criou as séries Lost e The Leftovers: “O Twin Peaks mostrou que não havia apenas uma forma de se fazer televisão”. A série foi alvo de inspiração para muitas outras que pretendiam ter em seu enredo um ambiente mais ligado aos sonhos, com charadas e enigmas que fizessem o público se sentir atraído para descobrir o que aconteceria no próximo episódio. Combinando diversos gêneros diferentes a série inspirou Lost, True Detective, Mr. Robot e Westworld.