EUA suspendem a proibição de laptops em voos de algumas companhias

Resultado de imagem para EUA suspendem a proibição de laptops em voos de algumas companhias

A Emirates e a Turkish Airlines declararam nesta última semana, que os Estados Unidos suspenderam a proibição de que fossem levados aparelhos eletrônicos maiores, como por exemplo os laptops, para dentro das aeronaves em voos de Dubai e Istambul, com destino aos Estados Unidos.

Três dias antes desses anúncios serem feitos, já haviam sido suspensas essas proibições também, nos voos partindo de Abu Dhabi com destino aos Estados Unidos, pela companhia da Etihad Airways.

A proibição em voos com destino aos Estados Unidos saindo do Aeroporto Internacional de Dubai, que é o mais movimentado do planeta para voos internacionais, foi cancelado depois que novas providências de segurança, foram tomadas pelos Estados Unidos na última semana, anunciou uma porta-voz da Emirates Airlines em nota.

Devido as restrições impostas pelo governo americano do presidente Trump, a Emirates que é a maior companhia aérea do Oriente Médio, já sente uma queda na procura por viagens para as doze cidades americanas, na qual a empresa opera seus voos.

A companhia que tem a sua sede em Dubai, reduziu para cinco, os destinos realizados para os Estados Unidos desde maio. Eles estão observando que em alguns dos destinos, a procura está começando a crescer.

Nos voos feitos com destino aos EUA, a Turkish Airlines comunicou que os passageiros já podem carregar na bagagem, os seus laptops.

Essas duas companhias são as únicas que fazem voos diretos saindo de Dubai e Istambul, nessa ordem, para o país norte-americano.

Bilal Eksi, que é o diretor-executivo da companhia Turkish Airlines, disse que a empresa espera que em breve, o Reino Unido também suspenda algumas restrições em voos para esse destino.

Uma agência de notícias relatou que nessa última semana, autoridades britânicas e norte-americanas fizeram inspeções de segurança no aeroporto de Istambul.

As autoridades americanas não deram nenhuma explicação a princípio sobre a suspensão da proibição em Istambul e Dubai. Em voos de Abu Dhabi e Dubai, não estão aplicadas essas interdições por parte do Reino Unido.

Nessa semana também, funcionários de segurança foram observados revistando os laptops de passageiros no aeroporto de Istambul, na Turquia, mesmo depois dessa proibição das restrições.

Em março entrou em vigor, uma proibição feita pelos Estados Unidos em voos diretos partindo de  oito países , Marrocos, Egito, Emirados Árabes Unidos, Kuwait, Jordânia, Kuwait, Turquia e Catar, devido ao medo de que bombas pudessem ser escondidas dentro de aparelhos eletrônicos grandes, como laptops, e levados a bordo da aeronave de passageiros.