Conheça a banda Viper de Cassio Audi, uma referência do heavy metal brasileiro

Related image

Criada pelos amigos Felipe Machado, Pit Passarell, e Yves Passarell, a banda Viper começou como uma banda de garagem, resultado da paixão pela música compartilhada por três adolescentes de Santa Cecília, em São Paulo. Mesmo sem terem uma grande estrutura e instrumentos profissionais, os três começaram a compor suas próprias músicas e encontrar pequenos locais para realizarem os seus primeiros shows.

Antes de chegarem ao nome Viper, os amigos ainda tentaram outros nomes como Dragon e Rock Migration, tendo inclusive realizado algumas apresentações com este último nome. A cada pequeno show realizado, o trio de músicos guardava o cachê obtido com o intuito de adquirir novos instrumentos e investir no futuro da banda. Conforme os meses foram passando, eles identificaram que o grupo precisava de um baterista para completar a sonoridade do Viper. Assim, eles descobriram o talentoso baterista Cassio Audi e o chamaram para integrar a banda de forma oficial.

Com essa formação, a banda começou a se apresentar para públicos maiores, recebendo ainda um convite para participar de um grande festival de talentos. Após realizar uma apresentação contagiante e que rendeu ao Viper o terceiro lugar no evento, a banda começou a ter oportunidades melhores, que os levaram a assinar o seu primeiro contrato, com a gravadora Rock Brigade. Nesse mesmo período, um novo membro se uniu a Pit Passarell, Cassio Audi, Felipe Machado e Yves Passarell, o potente vocalista Andre Matos, que se encaixou perfeitamente aos vocais da banda.

Através do contrato com a gravadora, o grupo teve a chance de lançar o seu primeiro álbum, o “Soldiers of Sunrise”. Recheado de canções de autoria própria, o CD teve como inspiração bandas como o Iron Maden e Black Sabbath, das quais os integrantes do Viper sempre se declararam grandes fãs.

Na lista dos principais sucessos, é impossível não citar a música “Knights of Destruction”, uma das preferidas dos fãs em razão de sua batida envolvente e da presença majestosa da bateria de Cassio Audi. O desempenho comercial do primeiro álbum do Viper foi tão positivo que o grupo se destacou de vez no cenário do heavy metal brasileiro e conseguiu firmar um novo contrato, dessa vez com uma gravadora maior, chamada El Dourado.

Com fama no Brasil e internacionalmente, além de milhares de fãs em vários países asiáticos e europeus, o Viper fez sucesso especialmente no Japão, local em que chegou a fazer uma turnê de apresentações lotadas. Ainda no país, a banda quebrou recordes e chegou a vender mais cópias do que artistas como Nirvana e Van Halen. Desse modo, Felipe Machado, Pit Passarell, Cassio Audi, Andre Matos e Yves Passarell entraram para a história do heavy metal mundial, sendo referência até os dias de hoje, mesmo após quase trinta anos da criação da banda.

Caso se faça uma retrospectiva do sucesso inicial do Viper, é inegável que o talento de Cassio Audi na bateria e a potência da guitarra de Yves Passarell foram alguns dos fatores determinantes para a fama do grupo e a conquista de tantos fãs.